Yoga e as estações...

Yoga é autoconhecimento, integração, conexão com a Natureza!

O movimento da Terra em relação ao Sol, evidenciado nas estações do ano, influencia diretamente em tudo que fazemos. Portanto, as trocas de estação mexem com a nossa vida e as nossas escolhas.

Segundo os Mestres ancestrais, a prática do Yoga é diferente nas estações extremas, nas estações amenas e nas transições entre elas. Com a consciência que o Yoga promove, conseguimos perceber essas diferenças e adequar nossas vivências a cada uma dessas fases.

No verão, o calor e a transpiração indicam que é preciso suavizar a prática, escolher horários menos quentes, hidratar-se, adotar respiratórios refrescantes, como o SHITALÍ PRÁNÁYÁMA.

No inverno sugere-se uma prática mais intensa, trabalhando ÁSANAS de força e respiratórios de expansão do peito.

lop.png

As estações de temperaturas mais amenas, entre verão e inverno, favorecem práticas bem equilibradas e completas, envolvendo corpo, respiração e muita Meditação! Ótimos períodos para começar a praticar, quem ainda não conhece essa Filosofia de vida.

Os fenômenos da Natureza estão intimamente ligados ao nosso corpo físico e a nossa energia sutil.

Por isso o outono, quando a Natureza parece se recolher, induz ao recolhimento...

Já a primavera... Ah! A primavera! É um convite à contemplação das cores, à percepção dos aromas, à absorção da energia do sol... A Natureza se renova e você sente urgência de se renovar também! No Yoga é reduzido o trabalho de expansão e de força, como se fazia no inverno. Entregue-se a uma prática tão agradável quando a estação mais bela do ano. Sempre que possível, pratique ao ar livre, medite na Natureza.

E lembre que, em qualquer estação, o Yoga vai com você onde você for: todo dia é um bom dia para praticar Yoga! 

ॐ Vera Edler

Vera Edler, diretora do Espaço Yoga Vera Edler (Porto Alegre/RS), professora de Yoga e Produtora Cultural. Ao longo de uma trajetória de mais de 30 anos dedicados ao Yoga e a causas humanitárias, vem ministrando aulas práticas, formação profissional, palestras, cursos, oficinas, promovendo viagens de estudos e meditação, eventos para disseminação de valores humanos e cultura de Paz. Produtora da Orquestra de MANTRA RUDRÁKSHA, com três CDs gravados, um deles agraciado com o Prêmio Açorianos 2002. Idealizadora e promotora do DIWALI - Festival das Luzes PORTO ALEGRE, evento que acontece anualmente desde 2014, realizado com apoio do Consulado da Índia e instituições locais.  

 

  • CURTA!
  • SIGA!
  • INSCREVA-SE!